Hospital Santa Rita

15 de Agosto de 2018 -

04/05/2018 - 15:32:49 - Atualizado em 04/05/2018 - 15:34:49

Notícias

Fique por dentro de todas as novidades que acontecem no Hospital Santa Rita.

Voltar

Radioterapia do Hospital Santa Rita conta com mais um Acelerador Linear

A radioterapia é uma especialidade médica que utiliza radiação ionizante para tratar e prevenir determinadas doenças e processos orgânicos indesejados, como, por exemplo: tumores malignos, benignos, formação de queloides, entre outros. O método mais moderno para a produção de radiação ionizante em aplicações médicas se dá através de um equipamento chamado Acelerador Linear. Em dezembro de 2017 os pacientes do Hospital Santa Rita de Cássia passaram a contar com o mais moderno Acelerador Linear do mercado, o Synergy-Agility.

Esse equipamento de radioterapia possui alta tecnologia e conta com uma enorme precisão para atingir os tumores, o que torna o tratamento contra o câncer mais rápido e com menos efeitos colaterais. Com essa redução dos efeitos colaterais nos órgãos sadios, surge a possibilidade de um aumento da dose de radiação no tumor e a eficácia do tratamento aumenta, diminuindo as taxas de mortalidade e recidiva tumoral.

A tecnologia abarcada nesse novo equipamento também possibilita a realização de tratamentos de primeira linha que necessitam de extrema acurácia, precisão e rapidez na aplicação da dose no tumor, caso da radiocirurgia intracraniana (tumores malignos ou benignos e malformações arteriovenosas) ou da radioterapia estereotática extra-craniana (coluna vertebral, fígado e vias biliares, pulmões, próstata, outros tumores abdominais e pélvicos).

A Radioterapia do Hospital Santa Rita de Cássia é a unidade que mais realiza sessões de tratamentos no estado do Espírito Santo atendendo, inclusive, pacientes de outros estados. O novo equipamento e a sua infraestrutura são devidos a emendas parlamentares, empresas parceiras e recursos próprios, passando a integrar o parque tecnológico hospitalar totalizando 3 aceleradores lineares de mesmo porte ampliando a capacidade total de atendimento.

Atualmente, são realizadas, em média, 17.500 sessões por mês e com a chegada do novo acelerador linear, esse número poderá atingir cerca de 21 mil. O serviço é oferecido a pacientes do SUS, convênios e particulares.

O setor de radioterapia é administrada por uma equipe multidisciplinar, composta por diversos especialistas altamente qualificados, cada um responsável por diferentes cuidados e demandas de cada paciente. Alguns dos membros típicos dessa equipe são: médicos radio-oncologistas, físicos, médicos, enfermeiras oncológicas, técnicos e tecnólogos em radioterapia, neurocirurgiões, e outros.

Todos esses novos recursos são investimentos que se somam ao Maior Complexo Oncológico do Espírito Santo e vêm se traduzindo em melhores resultados para os pacientes em tratamento na Afecc- Hospital Santa Rita de Cássia.

compartilhe: