Hospital Santa Rita

05 de Abril de 2020 -

17/03/2020 - 17:58:06 - Atualizado em 17/03/2020 - 18:07:36

Notícias

Fique por dentro de todas as novidades que acontecem no Hospital Santa Rita.

Voltar

Hospital Santa Rita suspende visitas a pacientes internados

A partir da próxima quinta-feira (19/3), as visitas aos pacientes internados no Hospital Santa Rita ficarão suspensas por 30 dias, podendo ser prorrogadas.  Apenas acompanhantes podem ficar com o paciente, respeitando e adotando todas as medidas de segurança estabelecidas pelo Hospital (veja no quadro abaixo), com a troca dos acompanhantes restritas aos seguintes horários: 7h às 8h, 12h às ‘13h e 17h às 18h.

Para quem está internado em UTI geral ou cardiológica, fica autorizado apenas um visitante por paciente. As visitas estendidas e o horário da tarde foram suspensos. Com isso, na UTI Geral as visitas passarão a ser das 11h30 às 12h, e na UTI Cardiológica (UCO), das 10h30 às 11h.

Essas medidas, informa a diretora Técnica do Hospital Santa Rita, Daniela Mattedi, são de prevenção à transmissão do coronavírus e, consequentemente, de proteção ao paciente e seus familiares, “Em tempos difíceis, decisões difíceis precisam ser tomadas. Entendemos que a restrição de visitas é um cuidado que visa proteger nossos pacientes internados, seus familiares e todos os profissionais envolvidos no cuidado”, informa a Diretora.
 
RECOMENDAÇÃO AOS ACOMPANHANTES
•          Sem beijos, abraços e apertos de mão.  Sorriso no rosto é sempre bem vindo!
•          Lavar as mãos constantemente e evitar tocar no rosto. Todos os apartamentos e enfermarias dispõem de pia com sabão.
•          Use álcool gel disponível nas dependências do Hospital e no quarto de cada paciente.



Medidas de prevenção ao Covid-19

A pandemia pelo Covid-19 (novo coronavírus) exige uma série de medidas simples e muitíssimo eficientes de prevenção, o que ajudará a reduzir a disseminação do vírus. Aqui na Afecc-Hospital Santa Rita, estamos seguindo o protocolo de atendimento determinado pelo Ministério da Saúde, pela Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo (Sesa) e buscando atualizações constantes das medidas de proteção para nossos pacientes, colaboradores e equipe médica. Mas é de suma importância que toda a sociedade se conscientize da necessidade de adotar ações rotineiras para evitar a disseminação do vírus.

Leia as orientações abaixo e faça a sua parte!

Lave bem as mãos (dedos, unhas, punho, palma e dorso) com água e sabão, e, de preferência, utilize toalhas de papel para secá-las.

Se não tiver como lavar as mãos, utilize álcool gel 70%

Limpe objetos de casa e do local de trabalho, como telefones, teclados, cadeiras, maçanetas... com álcool gel 70%.

Limpe superfícies, preferencialmente, com água sanitária (em uma solução de uma parte de água sanitária para 9 partes de água).

Cubra boca e nariz com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogue o lenço no lixo.

Evite tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

Use detergentes e sabão apropriados para lavar louças e roupas.

Separe roupas e roupas de cama de pessoas infectadas, para que seja feita a higienização à parte. Se não for possível lavar essas roupas imediatamente, armazena em sacos de lixo plástico até que seja possível higienizar.

Máscaras faciais descartáveis devem ser utilizadas por profissionais da saúde em atendimento a paciente suspeito de estar com coronavírus, cuidadores de idosos, mães que estão amamentando e pessoas diagnosticadas com o Covid-19.

Fique atento aos sintomas do coronavírus e só procure a unidade de saúde se estiver apresentando sintomas.
Os sintomas mais comuns:
  • Febre
  • Cansaço
  • Tosse seca

Alguns pacientes podem desenvolver, ainda:
  • Dor no corpo
  • Coriza
  • Congestão nasal
  • Dor de garganta
  • Diarreia

Nos casos mais preocupantes, o paciente pode ter:
  • Dificuldade para respirar
 
Fonte: Ministério da Saúde e Hospital Santa Rita de Cássia
 

compartilhe: