Hospital Santa Rita

19 de Maio de 2022 -

09/05/2022 - 09:10:53 - Atualizado em 09/05/2022 - 09:13:00

Notícias

Fique por dentro de todas as novidades que acontecem no Hospital Santa Rita.

Voltar

Hospital Santa Rita participa de estudo coordenado pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer

Fatores de risco associados ao câncer de cabeça e pescoço em ex-fumantes: um estudo multicêntrico brasileiro” é o resultado de um trabalho coordenado pela conceituada Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC), que contou com a participação do Hospital Santa Rita. O estudo foi publicado na edição 78 da revista Cancer Epidemiology, especializada em publicações de pesquisas originais, priorizando estudos que contribuem com novas informações a respeito das causas, prevenção e controle do câncer. 
O objetivo desse estudo foi explorar as associações entre o câncer de cabeça e pescoço, as  características sociodemográficas e estilo de vida de ex-fumantes de três centros oncológicos brasileiros: Hospital Santa Rita de Cássia, Vitória; Hospital Araújo Jorge, Goiânia; e A. C. Camargo Cancer Center, São Paulo.
 
Os autores chegaram à conclusão de que o risco de câncer de cabeça e pescoço em ex-fumantes diminui depois de 11 anos após a cessação do tabagismo. Já os ex-fumantes que consumiam bebidas alcóolicas mostraram um risco aumentado de câncer de cabeça e pescoço. Outra constatação interessante foi que o nível de escolaridade alto e a ingestão moderada de vegetais e frutas reduziram o risco desse tipo de câncer entre ex-fumantes.
 
De 11 a 20 anos após a cessação do tabagismo mostraram impacto significativo na redução do câncer, que atingiu 82%  entre os pacientes com mais de 20 anos sem fumar,  quando comparados aos indivíduos que pararam de fumar por até 5 anos. O consumo de bebidas alcóolicas também foi associado ao risco de câncer de cabeça e pescoço em ex-fumantes, quando comparado aos indivíduos que não ingeriam bebidas alcóolicas. 
 
Foi identificada, também, uma diminuição do risco de câncer de cabeça e pescoço em ex-fumantes com ensino médio, em comparação com ex-fumantes analfabetos; e ex-fumantes com ingestão moderada de vegetais e frutas em comparação com aqueles com baixa ingestão.
 
 
 

compartilhe: