Hospital Santa Rita

15 de Agosto de 2018 -

23/07/2018 - 17:15:15 - Atualizado em 23/07/2018 - 17:15:39

Notícias

Fique por dentro de todas as novidades que acontecem no Hospital Santa Rita.

Voltar

Conheça o lugar que funciona como o “coração” do Hospital Santa Rita

O Centro de Material e Esterilização – CME do Hospital Santa Rita de Cássia (HSRC) é considerado um dos setores mais importantes desta Instituição. O seu bom funcionamento resulta em segurança, em confiabilidade quanto à integridade e em melhor qualidade na assistência prestada aos nossos pacientes. 
 
O seu papel principal é garantir que as cirurgias e os setores tenham produtos e materiais processados para prestar atendimento de qualidade, seja para realizar procedimentos invasivos ou não e livres de agentes causadores de infecção. O  processo ocorre de forma unidirecional, obedecendo às barreiras físicas e a barreira técnica, com medidas comportamentais dos profissionais para garantir a prevenção de contaminação cruzada entre o ambiente sujo e o ambiente limpo. O fluxo do processamento ocorre da seguinte forma: recebimento, limpeza, preparo, acondicionamento, esterilização, bem como guarda e distribuição dos artigos médico-hospitalares para as demais áreas.
 
Hoje, todas as pinças e materiais médicos hospitalares do HSRC possuem um “chip”, código 2D, para controle completo de movimentação, sendo possível rastrear e informar, por exemplo, quantas vezes esse item já foi processado ao realizar a leitura do código de barras. Do mesmo modo, a dispensação dos produtos  para as áreas utiliza um sistema de informação automatizado com registro do monitoramento e controle das etapas, de forma a garantir a rastreabilidade de cada lote processado,  controle de validade e quantidade de materiais disponível nos setores, garantindo toda a segurança que tanto priorizamos.
 
O local, que está instalado, estrategicamente, próximo ao centro cirúrgico, conta com três autoclaves a vapor, duas esterilizadoras a peróxido e hidrogênio, duas termodesinfectadoras, uma secadora de traquéias, duas lavadoras ultrassônicas, três seladoras, três incubadoras de teste biológico, demais equipamentos e acessórios necessários para eficácia dos processos.  Mensalmente, o CME do HSRC processa em média 18.000 itens, o que justifica os investimentos tecnológicos para atender com alta produtividade e garantir a eficiência da prestação do serviço.
 
Em razão de toda dedicação, dos investimentos tecnológicos e da infraestrutura, o CME é  reconhecido pela Certificação Ouro da 3M e Certificado Pró-Sustentabilidade.  Além disso, é regulamentado pelos requisitos da RDC da Anvisa nº 15, de 15 de março de 2012, que tem como objetivo estabelecer as exigências para as boas práticas e funcionamento dos serviços que processam produtos para a saúde, visando à segurança do paciente e dos profissionais envolvidos.  
 
Atuam nessa área enfermeiros, técnicos e  auxiliares de enfermagem e todos os cuidados nesse local são rigorosamente cumpridos para evitar a contaminação dos profissionais do setor e a proliferação de microrganismos que comprometam a saúde dos nossos pacientes, explica a Diretora das Unidades Hospitalares, Carmem Lúcia Mariano.

compartilhe: