Hospital Santa Rita

06 de Março de 2021 -

17/02/2021 - 17:23:03 - Atualizado em 17/02/2021 - 17:24:22

Notícias

Fique por dentro de todas as novidades que acontecem no Hospital Santa Rita.

Voltar

Centro de Pesquisa Clínica do Santa Rita

Iniciados dois novos estudos para tratamento de câncer. Em um deles o Santa Rita será uma das 10 instituições brasileiras onde o estudo será conduzido
 
O Centro de Pesquisa Clínica do Hospital Santa Rita iniciou, neste mês de fevereiro, dois novos estudos clínicos que poderão beneficiar pacientes em tratamento oncológico.

Um dos estudos, informa o oncologista clínico Dr. Gláucio Bertollo, responsável pelo Centro de Pesquisa, avaliará a eficácia da associação de uma nova imunoterapia com a tradicional quimioterapia para pacientes com câncer de cabeça e pescoço.

O Santa Rita será uma das 10 instituições, no Brasil, onde esse estudo estará sendo conduzido. Gláucio Bertollo informa que os pacientes participantes do estudo terão a oportunidade de receber a nova medicação do laboratório britânico Glaxo SmithKline (GSK) que, nas avaliações iniciais, se mostrou promissora no tratamento de tumores de cabeça e pescoço.

Outro estudo oferecerá a oportunidade de pacientes com câncer de ovário utilizarem uma nova medicação que se mostrou benéfica em estudos de fase III. “Essa nova medicação, que já mostrou importante benefício no tratamento do câncer de ovário, será avaliada quanto aos efeitos adversos na população brasileira. É uma oportunidade ímpar de os pacientes receberem a medicação, dentro de um estudo clínico, antes da liberação, pelos órgãos reguladores, para comercialização no Brasil”, acrescenta o oncologista.
 
Em agosto de 2020, o Centro de Pesquisa Clínica do Santa Rita foi o primeiro do Brasil a incluir um paciente em estudo INDUCE 3, do mesmo laboratório britânico GSK, para tratamento de câncer de cabeça e pescoço. Esse estudo, em âmbito mundial, avalia a eficácia de um novo tratamento para tumores de cabeça e pescoço em estágio avançado da doença, que pode mudar a conduta médica em todo o mundo.

compartilhe: